Entomologia Ilustrada

Introdução à entomologia


Como sabem, os insectos sofrem várias transformações, externas e internas desde o ovo até serem adultos, transformações essas que são chamadas de metamorfoses.
Há insectos que têm uma METAMORFOSE COMPLETA e são chamados de "LARVAS" quando imaturos. Mais tarde, passam por uma fase de "PUPA" antes de se tornarem adultos ou "IMAGOS".
Estes insectos, no seu estado larval, são muito diferentes de quando chegam a adultos. Os tricópteros são o exemplo de uma metamorfose completa.
Os insectos que têm uma METAMORFOSE INCOMPLETA, são chamados de "NINFAS", não passam pela fase de "PUPA" e são quase sempre parecidos com aquilo que vão ser, quando chegarem a "IMAGOS". Praticamente só lhes faltam as asas enquanto juvenis. É o caso das nossas famosas efémeras.
"ENXUVIA" é o nome da última carapaça quando o insecto está a emergir para se tornar "SUBIMAGO", como pode ver a seguir.




Corpo



O corpo do insecto, é constituído pelo tórax e abdómen. Geralmente, nas montagens, é dado mais pormenor ao abdómen, para o tórax é mais usual realiza-los com os hackles (pescoços de Galo).


Tórax



Parte do corpo de um insecto entre a cabeça e o abdómen; geralmente seis pernas são presas ao tórax.


Abdómen



É a parte do corpo de um insecto localizado entre o tórax (zona das pernas) e a cauda; Vários filamentos, pelos, e membranas ou guelras filamentosas podem estar localizadas nos segmentos abdominais, mas nunca as pernas/patas. [Ver também a definição de Corpo]


Ovo


   


A postura pode ser feita isoladamente ou em grupos de vários ovos.


Larva


   


É a primeira fase pós-embrionária dos insectos de metamorfose completa e têm geralmente um aspecto alongado.


Ninfa



Primeira fase pós-embrionária dos insectos de metamorfose incompleta.


Pupa


   


É a segunda fase dos insectos de metamorfose completa.


Subimago ou Dun


   


Quando alguns insectos já se libertaram da "enxuvia" mas ainda não são completamente adultos. Exemplo disso são as efémeras quando acabam de sair da água mas ainda não têm as asas secas e transparentes. Estes subimagos podem voar ou trepar para algum ramo ou pedra para secarem as asas.


Imago


   


Fase em que o insecto já apresenta um par de antenas, três pares de pernas e normalmente dois pares de asas. Chegou à fase de adulto e está pronto para o voo nupcial; em que acasala, a fêmea deposita os ovos na água e a seguir morre.


Spent


   


É o que chamamos ao insecto depois de este morrer e vir rio abaixo com as asas abertas.


Plecópteros (Plecoptera)

Insecto da família da Stone flies


   


Ciclo dos Plecópreros
São insectos de METAMORFOSE INCOMPLETA conhecidos entre os pescadores de Pluma como as moscas da pedra. As suas ninfas andam debaixo das pedras nas correntes frias ou nas margens dos lagos. Onde há plecópteros, a água tem de ter boa qualidade, pois as ninfas são muito exigentes em relação à quantidade de oxigénio.


Quironómidos (Chironomidae)


   


Este tipo de insectos, da ordem dos dípteros é muito usado nas nossas imitações e tem uma METAMORFOSE COMPLETA.
Encontra-se em todos os rios e lagos do nosso país mesmo nos rios mais poluídos. Enquanto larva, é vendido a preço de ouro para os pescadores de ciprinídeos. Quem nunca comprou uma placa de "Vers de vase"?
Este grupo de mosquitos é considerado o mais bem adaptado de todos os insectos aquáticos. 


Tricópteros (Trichoptera)

Caddisflies


   


   


Ciclo dos Tricópteros
O nome deste insecto deriva do Grego e da junção de duas palavras, "Trichós" (Pêlos) e "Ptera" (Asas). Temos assim o nosso insecto da ordem dos "Trichoptera" ou seja, com pêlos nas asas.
As larvas de Tricóptero são muito exigentes quanto à qualidade da água, vivem nos nossos rios e lagos. Este insecto tem uma metamorfose completa e é um verdadeiro arquitecto quanto á construção da sua casa. As suas larvas vivem em casulos que podem ser feitos em folhas, ervas, areia, pedrinhas e, nalguns casos em seda.
É a mosca mais usada no verão. Não há pescador de pluma que não tenha a sua caixa de moscas cheia de tricópteros feitos dos mais diversos materiais. As suas imitações, podem ser feitas em "pluma de Leon", "cul de canard", "pêlo de Veado", etc.
Quando há eclosões de tricópteros os rios ganham logo outra vida.


Efémeras (Efemeroptera)

May Flies/efémeras de Maio.


   


   


Este tipo de insectos tem uma METAMORFOSE INCOMPLETA e é conhecido entre os pescadores pela Efémeras ou moscas de Maio (May Flies).
A maior parte das ninfas são herbívoras, alimentando-se de detritos orgânicos e algas. Existem no entanto, algumas espécies filtradoras e carnívoras.
São encontrados tanto em águas correntes como em lagos mas muitas espécies são vulneráveis a poluição. Por esta razão são muito úteis para analisar a água.
As suas imitações, são as mais usadas na Pesca à Pluma e podem ser feitas em diversos tamanhos e usados os mais variados tipos de material.


Libélulas


   


   


Insectos aquáticos da ordem Odonata (e às vezes principalmente da sub-família Anisoptera, cujas asas são estendidas lateralmente do corpo quando em repouso), as larvas ninfas apresentam uma série de padrões importantes.


Terrestre


   


   


Abreviatura de "insectos terrestres"; montagem para imitar um insecto terrestre ou não aquático, como formigas, abelhas, besouros, grilos, gafanhotos, e assim por diante.


Mosca atractiva


   


É uma mosca/pluma que não imita um insecto específico, mas atrai o peixe por outras razões sem ser as da semelhança ou realismo da montagem com um insecto especifico (ex: Royal Coachman, Humpies, Wulffs, Bivisibles, etc…). 


Bass bug/pluma para achigã


   


São artificiais bastante volumosos flutuantes e atractivo, usado na pesca ao achigã, lúcios, e outros peixes, incluindo as grandes trutas. Pode ser um padrão de atractivo, ou pode imitar uma libélula, gafanhoto, insectos grandes, seres aquáticos ou terrestres, como o rato, rã, salamandra, ou algo parecido.

                       Home :: Escola de Pesca :: Loja :: Contactos :: Promoções :: Novidades :: www.rb-flys.com                       
                                                     Copyright Ⓒ 2014 RB-Flys, Fly Fishing Portugal